TEMA: “Suas Finanças à prova de fogo”              (Sermão 6)
DATA:   20.09.09 – “Sua Vida à Prova de Fogo”
TEXTO: Malaquias 3.6-12
“...e o fogo provará qual seja a obra de cada um
                                                                       (1Co 3.13b)
INTRODUÇÃO:
Estamos em mais uma campanha espiritual que chamamos de “Sua Vida à Prova de Fogo”.
Você tem determinação e coragem para viver uma vida à prova de fogo?
As provas virão.
Uns irão falhar, e você possivelmente enfrentará um inverno rigoroso chamado desencorajamento.
Alguém deve sussurrar em seu ouvido que servir a Deus não vale à pena.
Levante-se.
Permaneça forte. Permaneça erguido.
Não desista. Você chegou muito longe para desistir agora.
            Já vimos: Colocando Sua Vida à prova de fogo!; Sua Fé à prova de fogo!; Suas convicções a prova de fogo!;Suas Decisões à Prova de Fogo!; Seu casamento a prova de fogo!
O tema do ÚLTIMO sermão hoje é:
“Suas finanças à prova de fogo!”
Alguém disse certa vez: “que a última parte a ser convertida é o bolso”
            Se desejarmos ter uma vida financeira equilibrada, que agrada ao Senhor, e sobreviver aos incêndios da vida, precisamos saber com colocar nossas Finanças à prova de fogo!
Quero confessar que gostaria de pular este assunto – mas simplesmente não posso. Alguém disse uma vez: “Não pregue sobre dinheiro porque as pessoas não vão mais voltar”.
Mas, eu penso: se ensinar exatamente o que a bíblia fala sobre dinheiro e as pessoas não voltarem mais, a responsabilidade não será minha, será delas.
E, além disso, eu não vou e nem quero intimidar você. Não quero que você seja intimidado pela minha palavra, palavra de um homem.
Quero que você seja tocado (ou intimidado) pelo Espírito de Deus. Então, falo com a autoridade a mim conferida por Deus, para ministrar a Palavra de Deus na sua vida.
Meu único interesse hoje é que a nossa igreja seja restaurada, sarada, totalmente curada nesta área - pelo poder que há no nome de Jesus.

1-O nosso assunto é “FINANÇAS” - “Suas finanças à prova de fogo!”
Vamos citar “João 3.16”.
Você pode estar pensando: “Pastor este texto não tem nada a ver com o assunto – tantos textos falam de dinheiro na bíblia. Das 38 parábolas de Jesus, 16 falam de dinheiro; 1 em cada 6 versos dos 4 evangelhos, fala de dinheiro. E o pastor me mostra João 3.16?”
Mas a Palavra do Senhor para mim foi: 
“Como você vai falar de “Finanças à Prova de Fogo”, se existem muitos na igreja que ainda nem me conhecem; estão lá, mas nunca creram em mim, e, por isso, não valorizam e nem obedecem ao que eu digo!?! “
“Você tem lá muitos religiosos, amigos da igreja, muitos que gostam da ética que é pregada, alguns que estão lá por causa das crianças, dos filhos ou de outras pessoas, alguns estão lá porque nasceram na igreja – mas não têm a mínima idéia do que é um relacionamento com um Deus pessoal.”
“Eles precisam primeiro de Jesus e da salvação, precisam de perdão, restauração, regeneração. Têm o corpo convertido e habituado, alguns valores convertidos, razão convertida – mas não têm o coração convertido, não têm confiança em mim, precisam converter os bolsos”
Preste atenção: Deus amou você tão profundamente que enviou Jesus para ser o seu Salvador pessoal.
Um dia você vai estar diante de Deus e vai ter que dizer o que foi que fez com sua vida. Deus mandou Jesus ao mundo e ele pagou o preço por cada um de nós inclusive por você.
ILUSTRAÇÃO: Um dia, Jesus e Satanás estavam conversando e Jesus perguntou a Satanás o que ele estava fazendo com as pessoas da terra. Ele respondeu: Estou me divertindo com elas. Estou ensinando-lhes a fazer bombas e a matar, a usar revolveres, a odiar umas a outras, a casar e a divorciar, a abusar de  criancinhas. Ensino os jovens a usar drogas, a beber, ficar e fazer tudo o que  não se deve! Estou me divertindo muito com elas! Então, Jesus perguntou: E depois, o que você vai fazer com elas? Vou  matá-las, vou acabar com elas! Jesus perguntou: Quanto você quer por elas? Satanás respondeu: você não iria querer essas pessoas, elas são traiçoeiras, mentirosas, falsas, egoístas e avarentas! Elas não o amarão de verdade, vão  lhe bater e  cuspir no Seu rosto, vão lhe desprezar e nem vão levar em consideração o que você fizer! - Quanto você quer por elas Satanás? Quero todas as suas lágrimas e todo o seu sangue! Trato feito! E assim, Jesus pagou o preço da nossa liberdade!

2-Deus é generoso
            Em segundo lugar, você precisa entender que Deus é generoso:
-Deus deu um lindo jardim para Adão e Eva viverem.
-Ele tirou o povo dele da escravidão do Egito e colocou uma coluna de nuvem para protegê-los do sol enquanto caminhavam no deserto. E uma coluna de fogo para guiá-los e mais, mandou maná dos céus para alimentá-los.
-Ele deu a Terra Prometida a Israel.
-Ele deu um Reino a Davi, um humilde pastor.
-Ele deu Seu Filho para morrer em nosso lugar.
-Ele nos deu a habitação do Espírito Santo.
Nosso Deus é generoso!
A sua maior expressão de generosidade está na pessoa de Jesus Cristo.
Deus continua sendo generoso através do Seu amor, misericórdia, perdão, graça, paz e poder.
Somos sempre devedores de Deus e tudo que somos ou temos devemos a Ele.
Quando experimentamos a Graça de Deus, precisamos expressar nossa gratidão com o ato de dar. (dar não é opção)

3-Você não pode roubar a Deus
Em terceiro lugar, você precisa saber que – você não pode roubar a Deus.
O que o texto de Malaquias diz sobre o assunto?   
Malaquias. 3:6-12
O dízimo é do Senhor!
O Dízimo quer dizer a décima parte.
O dizimo de 10 é 1, de 100 é 10,  de 1000 é 100. A regra é bem simples. Deus vai lhe dar um salário através da sua empresa, patrão ou do seu trabalho autônomo.
Cem por cento dele, ou todo o salário pertence a Deus.
Tudo é dele. No entanto, ele lhe dá os cem por cento e diz que você pode usar só 90% - 10% (o dízimo) não pode ser usado deve ser entregue de volta

  • Quem usa o dízimo ou as ofertas alçadas é ladrão - v.8 - Esse dinheiro não pode ser usado nem para uma boa causa. Não espere ser abençoado e nem ter sua terra curada se você está roubando a Deus;
  • O uso indevido do dízimo e das ofertas alçadas (que é dinheiro fruto de roubo) redunda em maldição - v.9
  • Deus só não nos consome porque é misericordioso - v.6
  • Devemos trazer o dízimo todo - v.10
  • Ele vai abrir as janelas dos céus e nos abençoar (Faça prova do Senhor) - v.10
  • Ele vai segurar o devorador - v.11
  • Ele vai proporcionar deleite, felicidade e prosperidade - v.12

O dízimo e as ofertas representam um termômetro espiritual na vida da pessoa. Quando a vida espiritual não vai bem, a primeira área que é afetada é a área financeira. Começa a ser instalada a idolatria, o amor ao dinheiro, e com isso, a pessoa perde a perspectiva de Deus.
Alguns pensam erroneamente que o dízimo foi instituído por Deus por causa da igreja. Engano. 
Foi por causa dos crentes que o dízimo foi instituído.

  • Onde está seu coração?

Veja o que Jesus disse: Abra sua bíblia em Mt 6.19-21.

  • Nada trouxemos para esse mundo

Paulo nos diz: 1Tm 6.6-10

  • A lei da semeadura

2Coríntios 9.6-8 e 11

Conclusão
Vejamos 2 Crônicas 7.14 
Os destaques imediatos dos textos são: “Sararei/ Curarei a sua terra”
O que você precisa fazer?

  • Humilhar-se – reconhecer que precisa e depende de Deus
  • Orar – falar comigo sobre as suas necessidades
  • Buscar a face do Senhor – Ir à direção de Deus
  • Afastar-se dos maus caminhos

O que Deus vai fazer?

  • Ouvirei a sua voz – parar para nos ouvir
  • Perdoarei o seu pecado – restaurar nosso interior
  • Curarei a sua terra – vai nos abençoar de todas as maneiras – inclusive a área financeira

Deus quer nos restaurar a partir de um quebrantamento.
A restauração, ou esta “cura da terra” - representa uma interferência milagrosa de Deus em todas as áreas de nossa vida. Vida física, emocional e financeira.
Não haverá mudanças em nenhuma área de sua vida sem quebrantamento.  
Você tem coragem? Tem fé para dizer a Deus: “está tudo aqui Senhor, tudo que eu tenho, está à sua disposição!” É o que vamos fazer agora.
Colocar a Sua Vida à prova de fogo!;
Sua Fé - Suas convicções - Suas Decisões - Seu casamento - Suas Finanças - Tudo à prova de fogo!

Pr Reinaldo Routh